domingo, 19 de abril de 2009

E de repente passámos de 4 a 5

Chamas-te Tomás e nasceste ontem, dia 17 de Abril às 23.02h, com 3200Kg e 48cm.
A tua mamã hoje, dia 18, mandou mensagem a mim e aos outros tios, por volta do meio dia, a dizer que já estavas a dormir ao lado dela. Só te esperávamos dia 24 mas estavas ansioso por ver como era o mundo.
O dia estava chuvoso e frio mas tu estiveste sempre quentinho no quarto.
Tiveste muitas visitas da família, conheceste o papá, o tio e a tia, os avós. Dormiste muito e não deste trabalho nenhum à mamã. "É muito sossegadinho" disse ela quando nos deu a notícia.
Fui conhecer-te com o tio Ivo e com o tio Dani já era noitinha, mas decidiste acordar para ver quem era. Olhaste muito sério para o tio Dani e apertaste com força o dedo do tio Ivo.
Depois olhaste muito tempo para mim quando te fiz uma festa na barriga.
Volta e meia palravas e eu picava a mamã a dizer que quando fores grande ainda ias para a Tuna. O tio Dani também vai fazer força quando chegar a devida altura.
Não tinha bateria quase nenhuma no telemóvel para te tirar fotos e muitas das que tirei ficaram tremidas porque te mexias a experimentar a sensação da manta em cima de ti.
Depois fechaste os olhos e eu tirei esta fotografia, contigo ainda a fazer beicinho. Gostei tanto que a escolhi como imagem de visor no telemóvel. A mamã disse que ainda se conseguiria apanhar melhor, mas ela não percebe nada de fotos.
Estivemos contigo aos bocadinhos porque entretanto era hora de mamar e volta e meia tínhamos de sair para ficares mais à vontade. Mas fomos para a sala de espera com os avós e com o papá conversar sobre ti e sobre o teu dia.
A vovó ainda te deu um bocadinho de biberão e a mamã levantou-se que nem uma corajosa, para te mudar a fralda.
Depois de adormeceres fomos embora, para te deixar descansar e à mamã.
Queria te ter dado um beijinho mas estavas dentro do berço e tive medo de te acordar.
És tão pequenino que pareces um nenuco. Vais crescer e ficar do tamanho do pai. E querer jogar á bola com o tio Dani.
Hoje olhei para ti e para os tios e tive a certeza que te vamos ver crescer e contribuir para o homem que num dia te vais tornar. Vais ser bondoso como o tio Dani e integro como o tio Ivo.
Com 24 horas de vida, já és lindo como a mãe.
Quanto a mim, só espero que venhas a saber quem sou. E vou ficar feliz se conseguir ensinar-te qualquer coisa. Contar-te como conheci a mamã e os tios e como gosto deles. E como me apaixonei por ti mal te vi de azul no berço.
Segunda já vais dormir na tua caminha, hei-de passar por tua casa para ver se estás a crescer.
Dorme bem querido sobrinho. Até segunda.

6 comentários:

code disse...

:)

Mesquita disse...

Que texto tãooo carinhoso!

Pipoca disse...

oh sofia... este texto levou-me às lágrimas :( E fez-me pensar também nas minhas gémeas que já não vejo há 3 meses, nem vou ver nos próximos 3.
Muito bem escrito...aliás como sempre :)

JN disse...

Garanto-te, nunca esquecerás o momento em que tens o primeiro contacto com um bébé. Eu sei que ainda me lembro como se fosse ontem quando tive com a minha sobrinha com uma semanita.

Isabel Paixão disse...

Eu só quero saber, quando efectivamente o teu sobrinho, meu filho, se vou ter direito a um texto assim.... ou vai ser Ah, mais um sobrinho, já não tem piada... o sobrinho emprestado é muito mais bonito... baaaah =p

Vanessa disse...

quero fotos aqui sff!!! Andava ha dias a pensar nela e hj apanhei a patricia na internet e perguntei logo, mal me disse q sim vim logo ao teu blogue ansiosa por noticias!
beijoes