quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007

A idade não perdoa

Cheguei a uma conclusão.

Nas férias, os meus neurónios atrofiam, e passo a maior parte do tempo ou a dormir ou de ressaca. Ou as duas coisas. É, ultimamente é mais as duas coisas. Sim, porque mesmo que esteja a beber, estou de rassaca da última vez.

Portanto, quando me perguntarem, "Então Isabel, como foram as férias?", e visto que quando estou a dormir não conta, vou dizer "Epá, deram-me umas dores de cabeça valentes sabes, andei meia enjoada.." - "Ah, então, estiveste na cama, doente?" - "Não!... Estive no Bairro Alto!".

Nota pessoal: Lembrar que a minha resistência ao álcool já não é (de looonge...) o que era.

Deus, estou a ficar velha!

Siga sair na Quinta?

2 comentários:

code disse...

Ainda de férias?

Eu já tive hoje aulas... após uma noite de 2ª dessas do post, ainda tive 3ª para dormir vá lá.

Grande farra pra Quinta então :D

Abraço,
André.

Isabel Paixão disse...

Tiveste sorte. mas olha que eu acho que estou a precisar de aulas, os meus Tico e Teco estão a ficar atrofiadinhos, depois habituam-se à boa vida e lá se vai o 2º semestre! Aulas, estudo, livros!!! Mas primeiro, recarregar baterias pó Bairro hehehe =)