domingo, 23 de dezembro de 2007

21 anos

Muito trânsito na baixa Lisboeta no dia 21.
Mesa para 20 pessoas no chinês dos armazéns do Chiado.
Desgraçadamente bem vestida.
Crepes chineses.
Uma serenata surpresa com o amor da minha vida ao violino. Uma cara de choque e de quase choro. O saber que se foi enganada e que toda a gente sabia. O teu sorriso. Noites de Ronda.
Jantar com quem mais importa. E contigo.
Passear pelo Bairro Alto com os amigos, à procura de um lugar quente. Gente estranha no karaoke.
Chegada a casa às 6h da manhã, e conversa até ser dia.
Almoço em casa no dia de anos com os amigos, o amor, a família e o cão. Até anoitecer. Hora e meia de animada conversa com mães.
Jantar num sitio fabuloso, com vista para a Assembleia da República e 20 minutos a procurar lugar para estacionar.
Um fantástico bife com batatinhas fritas. E pão quentinho. O teu olhar a acompanhar o café.
10 minutos ansiosamente à espera, de porta fechada e alguns barulhos estranhos do lado de fora.
Um quarto quente, um caminho iluminado a verde, prendas envoltas por um mar cor de rosa. Um ursinho chamado André. Uma lanterna para iluminar os próximos 365 dias. A Jane Austen, que decidiu vir dizer olá, entre outros. O som da tua viola. A tua voz a tremer de ansiedade. Por não saberes se ia gostar. Por temeres que me afogasse com tanta lágrima. Pijamas com o Aladino no tapete. Noites de Ronda. E eu a chorar mais. O querer dormir e ficar acordada. O teu abraço. O saber que se quer e que se tem, o querer mais por mais tempo. As palavras que não saiam. Ou saiam demais. Os olhares que se completam. Que me completas.
O acordar, o beijo ensonado, o querer ficar ali.
Espuma e mais espuma. E uma vela com cheiro a canela.
Suminho de laranja e uma camioneta para apanhar para casa.

Fiz 21 anos.

3 comentários:

code disse...

hey ca ganda festão xD

Parabéns! ;)

Muita felicidade!
Abraço.

Tsuki disse...

parecem 2 dias perfeitos...

André disse...

os últimos embrulhos de natal..e os mesmos últimos preparativos de aniversário de quem tem muito significado...sair a correr...com a desculpa de ir para outro lado qq em lisboa encantar uma donzela desconhecida...encontrar-me com os malucos que fazem serenatas pertinho do Natal...esperar umas horas de fome para que chegue o momento tão esmeradamente preparado...esperar na rua..no meio do chiado..cantando e tocando para enganar o frio...e para parecer.mos um grupo de jeito... receber uma sms de um momento de solidão...ou companhia com amigos imaginários???...ver o Pingas a "ocultar a verdade" à Sofia..(n sei bem pk..mas eles devem saber..)...chegando finalmente o momento de apanhar o elevador...e escondermo.nos nas escadas..... entrar por ali dentro...falando ao mesmo tempo com o Chinês (n o que toca cavaquinho..esse tá em Leiria) que só percebeu a palavra Jantlale (n existe...mto menos Xelenatla!)...olhar para uma expressão feliz e pasmada...um pouco chocada (no bom sentido)... tocar..e tocar..cantar...corar... tremer..beijar...foi BOM! e dps VIVA o CLEPE!
comer a refeição.. voltar a tocar..p quem contava dinheiro... apressar para n levarmos com os paus chineses...e um chazinho de camomila/cidreira no ben's e jerry's (axo q tá correcto)..tão quente..tão bom!Isto tudo na companhia dos digníssimos Dines e Padrinho!! que diziam..vamos parar ao Lux..e coiso e tal...querendo contrariar...e após a saída de Lemos, Sofia (do IST) e Isabel (Loira...que foi para o "Istrângeiro")...quase que se cantou algo no Palpita.me...mas houve MEDO do Balizas (Sr. com um considerável buraco no quandrante dentário superior..isto é..grotesco)...1 "pouco demasiado" bebido..e dançante...nd a ver com o JP...grande senhor que canta de costas para o público e dança coreografias estranhamente mexidas (com o mesmo movimento...1..2..1..2...1..2..etc..)...a partir dos primeiros 10 minutos de palpita.me...saltava à vista a expressão de grande regozijo do Dines..que só queria continuar ali..apesar da nossa insistência em ficar...e da tristeza que pairava na face da Andreia qd o Balizas saltava para o Palco! Quase que a Isabel (a minha..q a outra já estava na Suíça) levou com a Baliza em cima...mas os apoios da dita aguentaram-se... falou-se em "Bolo" e saímos do palpita-me rumo a uma fila interminável para o "Bolo" ou para a cervejinha em comprimidos e whisky em pó (n entendemos bem)..de qq forma...desistimos desta gula...e fomos procurar um outro spot mais promissor..LUX.. n vendem lá bolos...talvez pastilhas...e tinha uma fila ainda maior..carrinho que é bom! e custou a tirar dos mais bonito parque subterrâneo do mundo! trindade!!!! só entram carros "grandes..".
Termina a noite com a despedida e o Pingas a adormecer sentado e a falar...
Um óptimo almoço de aniversário e de família..com comida boa! com doces bons! com café nespresso (what else!)!...com maravilhosa companhia...com cumplice troca de olhar...com o cão a fazer das suas...e com uma caixa na árvore..
Uma vinda a casa para deixar prendas e levar outras...com boa conversa longa pelo meio...um jantar do que há de melhor neste mundo de restauração..."Café de S. Bento"...um comer tão quente e tão suave..na melhor das companhias que se pode ter em 24 anos...um serão bonito, cúmplice..a ida para a surpresa...a espera ansiosa do que estaria para vir...uma cara que podia ser de felicidade...ou de choque...ou dos dois..um choro lindo..emocionado...apaixonado... chamas quentes...sombras suaves.. prendas bonitas...simples... tudo para te fazer feliz!todos os dias! um banho quente...com a água sempre a querer desaparecer...uma calma imensa...um calor intenso! um pequeno almoço de sumo de laranja e café num estabelecimento que "só serve almoços e ficam chateados com lanches...":P...um atraso para o BUS..mas eu sabia que querias ir no seguinte..:)
um brilhante e memorável momento passado contigo que significa o amor de todos os dias..
Amo.te*minha paixão!
André..(não o Urso...mas se quiseres...:P)